Bem-vindo ao CEBI! (51) 3568-2560 | [email protected]

CEBI-RJ: Deus é do gueto

CEBI-RJ: Deus é do gueto
5 de junho de 2018 CEBI Comunicação
O CEBI Campo Grande, RJ, organizou uma celebração no dia 19 de maio. Confira as informações sobre o encontro:

Boa leitura!

No dia 19 de maio de 2018, o CEBI Campo Grande realizou uma celebração com a presença de pessoas de vários credos e confissões religiosas. Iniciamos com cantos para animar. Na oportunidade, também fizemos menção à Semana de Oração pela Unidade Cristã.

Assessoria

O celebrante, Pastor Vitor Louredo de Souza da Igreja Grupo de Ações Evangelísticas (GAE), situada também em Campo Grande, RJ, fez a leitura de Êxodos 15 1-21, observando a ação de Deus no processo de libertação do povo oprimido. Após a leitura, os presentes fizeram suas reflexões a respeito.

Em seguida, a leitura de Mateus 24, 1-3, ressaltando o valor do perdão para quem dá ou recebe. E que isto nos aproxima do outro, nos torna humildes e nos faz humanos, fortalecendo nossas relações com o/a próximo/a e com Deus. Alguns dos presentes tiveram um momento de dizer sobre o valor do perdão e da necessidade dele em suas vidas, o que causou profunda emoção em todos.

A celebração foi permeada por cânticos, em especial: Deus é do gueto, da cantora e compositora de Dourados, Marina Peralta. Através dessa música, pudemos perceber que Deus está nas realidades do povo negro, índio, pobre e periférico.

Partilhamos o pão e o vinho, simbolicamente através da broa e do suco de uva, incentivando o movimento de ir e vir ao encontro do outro, ao encontro de outras religiões, buscando mais o que nos une.

Confira a música utilizada para a facilitação do encontro:

Deus é do Gueto

Os pássaros cantam afinados
Expressão da sua paz
E as flores bem vestidas, resultado
Do cuidado seu, ó Pai
Minha voz tenta sem cansar te alcançar
Na real você nunca esteve longe assim

Seu amor me ama
Sua voz me canta
Vento seu me sopra
Graça me sustenta

E eu não mereço
Vejo o que fizeram com seu nome
Meu coração chora
Ouço o que fizeram com seu nome
Meu coração grita
Ama também os que vêm do gueto
Cuida daquele que é branco ou preto

Meu Deus é negro
Meu Deus é índio
Deus é mulher
Deus é menino

Partilha de Marcelo de Medeiros Souza.